quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Os Pequeninos - Crônica de Ezekiel

Os Pequeninos - Crônica de Ezekiel
Little Ones - Ezekiel Chronicle
20 de Novembro, 2019 (Originalmente escrito em 23/12/09)

Senhor, agradecemos repetidamente pela pureza, inocência e admiração das pequenas almas que você nos deu para criar em nossos lares e famílias. Nossos filhos. Que possamos sempre valorizar esses dons mais preciosos para nós e treiná-los com Bondade e Amor por seu Deus e Salvador, para que não se desviem de Você à medida que envelhecem e interagem com o mundo e todas as suas tentações.

E que possamos continuar a orar sempre por aqueles cujas vidas são interrompidas pelo mal do aborto, e pelas mulheres tão tentadas a rejeitar esses presentes mais preciosos para eles. Volte os corações deles para o seu coração, Senhor, levando-os a confiar em você para todas as suas necessidades. Amém.


Ezekiel começou esta anotação no diário escrevendo: Obrigado, Amado Senhor Jesus, por me ter voltado para ter este tempo contigo novamente esta noite. É a emoção do Meu coração estar com Você assim, e eu não quero mais nada neste mundo.

Hoje à noite, eu nos vejo no salão superior do palácio. Eu deixo de escrever na minha pequena escrivaninha e noto você sentado no sofá de seda. Você parece estar lendo alguns papéis e marcando-os com uma caneta. Quando você olha para cima, sorri para mim com aquele sorriso amoroso que me diz que tudo está bem e que não há problemas para lidar com essa noite. Embora eu saiba que precisamos de orientação regularmente, é sempre um alívio saber que você não terá que corrigir alguma falha minha e que podemos realmente passar uma noite refrescante juntos.

Como a Luz de Deus é perpétua no Céu, e não há sentido de tempo na Eternidade, toda a atmosfera é como a de uma manhã de verão. Olho pela janela e saio para a varanda, as frescas flores carregadas de orvalho erguem as cabeças juntas como um acordo. Tudo é tão puro e lindo. Eu sei que nunca me cansarei de viver em um Paraíso tão lindo, especialmente estando aqui em sua companhia.

Eu pergunto: "O que você está lendo, Senhor?"

E você responde carinhosamente: “Eu estava apenas olhando as histórias que alguns dos nossos pequeninos deram a Mim hoje”.

Estou pensando comigo mesmo: "Pequeninos? Ele deve significar algumas das crianças em um dos viveiros.

Jesus continuou: “Eles são tão preciosos para mim. Eles são como anjinhos com seu senso de admiração. Tudo o que eles fazem com tal sensação de aventura animada. Mesmo essas histórias são escritas com grande expectativa, pois elas sabem que, quando começam a escrever seus pensamentos, de repente, cada palavra se transforma em realidade, e elas estão lá no meio daquilo que acabaram de compor. Quão felizes estão continuamente, pois vivem constantemente na alegria de sua própria criatividade”.

"Isso é tão puro e inocente!" Eu continuei. "Mas, por que você está marcando suas histórias?"

“Esses são os pensamentos que uso para criar maravilhas nos sonhos que envio para as crianças na Terra. Isso faz com que todos sejam conectados de uma maneira muito especial. E um dia eles se encontrarão aqui no Meu Reino e compartilharão essas histórias maravilhosas juntos. Eles vão mais uma vez reviver alegremente esses tempos, e todos os céus sorrirão por causa delas ”.

"Oh Senhor", eu disse. 'Eu já estou fora de mim com o próprio pensamento de tudo, apenas observando a alegria em seu rosto como você explica!'

Você volta para os jornais mais uma vez e continua marcando-os. Fico pensando: "Eu me pergunto se tudo é assim. Todas as nossas esperanças e sonhos poderiam ser gerados por esta Graça e inteiramente concebidos através de tal Inocência?

Conhecendo meus pensamentos, Você olha de volta para mim e diz: “Sempre foi assim, seja através de corações puros aqui no Céu, ou por outros meios. Todo dom bom e perfeito vem do Pai, que é a plenitude de toda Graça e Inocência”.

"Eu também estou me perguntando, por que existem creches aqui, Senhor?" Eu continuei. "De onde vêm esses pequeninos?"

Na minha curiosidade, Você sorri e coloca os papéis de volta.

"Não pretendo interrompê-lo, mas há muito o que gostaria de saber."

Você me responde: “Estas são crianças que foram vítimas de aborto, órfãos e outros que estavam sofrendo terrivelmente de fome, negligência e abuso. Trouxe-os de volta a Mim mesmo em tenra idade, pois não suportava mais vê-los sofrendo e com medo. Assim que chegaram, suas pequenas mentes e emoções foram curadas, e todas as coisas horrendas que foram submetidas foram completamente apagadas de suas memórias. Não há nada que faça com que eu me levante mais forte, e nenhuma outra injustiça grite a Mim mais alto do que ver almas pequenas e frágeis tratadas com tanta crueldade. Eles mesmos não sabem nada além de felicidade para toda a Eternidade agora, e eles são especialmente amados em todo o Paraíso”.

E esse foi o fim desta entrada no diário.

Esperamos que vocês estejam gostando das jornadas de Ezekiel com o Senhor. Eles ainda estão se instalando na montanha, mas eu tenho contato com Clare. Ela deseja expressar sua mais profunda gratidão a vocês por todas as suas orações por elas e pedir que vocês continuem orando! O Senhor está fazendo um bom trabalho nela e em Ezekiel agora, assim como em todos os outros no Refúgio.

Ela agradece a todos vocês que tão fielmente continuam a apoiar esse trabalho também. E, por favor, lembrem-se, nas próximas semanas que antecedem as festas, lembrem-se dos pobres que nosso ministério ainda está apoiando. As finanças de qualquer ministério caem em pontos baixos durante essas semanas. Portanto, não vamos esquecer daqueles que dependem do amor do Senhor por meio de nossas próprias doações.

Que o Senhor abençoe a todos, queridos Moradores do Coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário